sexta-feira, 12 de junho de 2009

Há Festa na Escola - 5 de Junho - 2009

Este ano, a escola vai mudar. Em breve, veremos chegar as máquinas que darão uma nova face a este espaço que encerra tantas memórias de todos nós. É um ciclo de vinte e seis anos que termina. Foi um longo percurso...em que todos ajudámos a construir a nossa escola, por isso quisemos celebrar com uma grande festa. Sabíamos que tínhamos "em casa"muitos talentos, só precisávamos de os organizar e mostrar. Foi bom sentir que, de facto, somos uma comunidade que se revê nesta escola. Aqui estão as imagens que são muito mais eloquentes..


Domingos António, o nosso convidado especial, foi um dos momentos altos da nossa festa.
Tocou obras de Liszt e Beethoven bem adequadas ao nosso público, maioritariamente jovem.
Para o conhecerem melhor , leiam a entrevista na revista Opsis, já publicada na página da nossa escola, a Secundária Vergilio Ferreira.

A Leonor Costa tocou Moonlight de Beethoven e, sabendo nós que aprendeu a tocar sozinha, foi uma bela surpresa e um momento de emoção.

Momento em que a presidente, profª. Manuela Esperança, disse as palavras certas que nos fizeram sentir orgulho de pertencer a esta escola...
Ana Lima , a voz limpa e bela, cantou " Ser Poeta" de Florbela Espanca, acompanhada à guitarra por Simão Gama e André Jorge.


A Patrícia Soares disse o poema " Adeus" de Eugénio de Andrade e todos revivemos momentos de amor/desamor Os apresentadores, Maria Alves e João Maltez que, de tão à vontade, pareciam estar numa noite de óscares...


A Rita Duarte homenageou o nosso antigo aluno, hoje advogado, Luís Máximo, lendo um poema de sua autoria, " Confusão". Todos lembrámos as angústias da adolescência e o Luís, que estava presente, sorriu...


O Francisco Santos tocou Bach e todos ficámos orgulhosos...
Nunca deixes o violino, Francisco!

Ana Carolina, Joana Santos e Carolina Gonçalves cantaram uma canção belíssima de Tiago Bettencourt, acompanhadas à guitarra por Joana Mendes e Susana Loja.


Joana Santos, acompanhada à guitarra por Joana Mendes e Susana Loja, cantou com graciosidade " Vamb'ora" de Adriana Calcanhoto


Diogo Almeida fez-nos sentir as palavras irónicas e amargas de Sofia de Mello Breyner no poema " As Pessoas Sensíveis".

Em tom bem sarcástico, o João Godinho leu o " Poema em Linha Recta" de Álvaro de Campos.
Sempre colaborador, João, vamos ter tantas saudades de ti e dos teus textos sempre profundos e críticos...

Encantou-nos o André Matias e o seu violoncelo....
Esperamos que continues na música, André!
Durante o intervalo, houve momentos de convívio entre professores, pais, avós e alunos.
Vejam se descobrem quem é que vendeu os seus tão amados anuários...


Aí está ela em acção, a nova associação de antigos alunos da Escola Secundária Vergílio Ferreira.
Muitos antigos e actuais alunos fizeram bolos e petiscos que foram vendidos no intervalo para ajudar a custear a nossa festa. O Guilherme Moura leu o poema " Ler" de sua autoria, em que faz a apologia da leitura.


Já estamos com saudades da tua delicadeza e do teu empenho em tudo o que fazes, Guilherme!
Dois óptimos apresentadores, o João Godinho e a Rita Duarte .
Andreia Alexandre e a Maria Teixeira num diálogo ficcionado por ambas, entre Ofélia Queirós e Alberto Caeiro. Cena adorável, denotando uma boa informação sobre F.Pessoa e muito bem representada A Catarina Rosa leu com expressividade o poema " Lisbon Rivisited" de Álvaro de Campos
" Libertango "de Piazzolla nas mãos de Francisco Santos( violino), André Matias( violoncelo) e...
Leonor Frazão e Tomás Reis( piano) . Um tango a quatro mãos que ficará na memória de todos nós.
O João Gaspar cantou " Abdicação " de Fernando Pessoa, com música de Nelson Pereira

O Sebastião Martins brindou-nos com a peça Thais de Massenet

Alunos, pais, avós, professores, actuais e antigos, funcionários, uma sala bem recheada...e um prazer para todos nós.
Gonçalo Mateus disse com serena expressividade " Flor de Verde Pinho" o belo poema de Manuel Alegre .
Ana Loureiro soube fazer-nos sentir as belas palavras de AlBerto

Vozes de Margarida Domingues, João Maltez, Mariana Farinha, Ana Rita Sempiterno, Sara Varão, Inê Mateus, Henrique, Patrícia Soares e Afonso Silva para ouvir as belas palavras do nosso patrono, Vergílio Ferreira.

Alguns momentos da actuação de Domingos António


video


video

2 comentários:

Anónimo disse...

Foi bom participar nesta Festa da nossa escola1

João V. disse...

Domingos António é um pianista excepcional!