segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

‘Objecto da nossa Afeição’

há uma espécie de coisa estranha,
superior às forças da natureza

rica em energia suficiente
e apta para nos renovar.

é qualquer coisa superior aos demais...

profere-se ser sentimento convulso
que sustém o hábito de penetrar
em desconhecidas sensibilidades morais

é capaz de nos elevar,
à maior das Altitudes,
a um estado de contentamento eufórico...!

porém, não priva a comparência da fatalidade
que é matéria amarga
para quem se encontra Distante;

tornando-se cadáver
quem consome esta Estranheza...

bruno portugal 07.08

há uma espécie de coisa estranha,
superior às forças da natureza

rica em energia suficiente
e apta para nos renovar.

é qualquer coisa superior aos demais...

profere-se ser sentimento convulso
que sustém o hábito de penetrar
em desconhecidas sensibilidades morais

é capaz de nos elevar,
à maior das Altitudes,
a um estado de contentamento eufórico...!

porém, não priva a comparência da fatalidade
que é matéria amarga
para quem se encontra Distante;

tornando-se cadáver
quem consome esta Estranheza...

bruno portugal 07.08

1 comentário:

BECRE disse...

Camões também se interrogou sobre essa Estranheza..." Mas como causar pode o seu favor nos mortais corações amizade, se tão contrário a si é o mesmo amor ?"
Apesar de tudo, os homens continuam a ter esperança no amor...Ainda bem!